.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Finalmente as férias e um...

. Vida e história de Jean-J...

. James Watt, por João Paul...

. A Conservação da Massa e ...

. René Descartes, por Ana P...

. A Passarola de Bartolomeu...

. Os Lolardos, por Rebeca B...

. A Revolução Francesa, por...

. As Guerras Religiosas do ...

. A Reforma Protestante e o...

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

Um espaço para a História da Escola Secundária Aurélia de Sousa - Porto

.favorito

. E o homem com livros cont...

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2005

O RENASCIMENTO, por Maria João Fernandes, 8ºA

boticeli.jpg
O Renascimento foi conhecido como o Renascimento cultural que ocorreu na Europa durante os séculos XIV, XV, XVI, este movimento procurava resgatar a cultura esquecida durante os tempos medievais. As principais características do Renascimento foram o Racionalismo, o Experimentalismo, o Individualismo e o Antropocentrismo. O Humanismo foi um processo de valorização da humanidade e da Natureza, o Homem passou a ser tratado como um ser racional e foi posto assim no centro do universo. As principais características do Humanismo são: a Racionalidade, a Dignidade do ser Humano, o Rigor científico, o Ideal humanista e a Reutilização das artes greco-romanas.
O Renascimento foi marcado por várias descobertas científicas na Astronomia, na física, na medicina, na matemática e na geografia. O Renascimento nasceu na Itália e difundiu-se por toda a Europa através da expansão marítima, foi importante pois foi a principal influencia dos pensadores do séc. XVII.
galileu2.jpg

Na arquitectura a ocupação do espaço baseava-se em relações matemáticas estabelecidas de tal forma que o observador possa compreender a lei de qualquer ponto em que se coloque. As principais características da arquitectura são: as ordens arquitectónicas, os arcos de volta-perfeita, a simplicidade na construção, a escultura e a pintura passam a ser autónomas e as construções de palácios, igrejas, vilas (casa de descanso fora da cidade), fortalezas (funções militares). O principal arquitecto renascentista foi Brunelleschi, este era um artista completo pois foi pintor, escultor e arquitecto. Dominava os conhecimentos matemáticos, geométricos e era um grande conhecedor da poesia de Dante. Os seus trabalhos mais importantes foram a cúpula da catedral de Florença e a Capela Pazzi.
fiorenza.jpg

A pintura renascentista tinha como principais características a Perspectiva (arte de figura no desenho ou na pintura, as diversas distâncias e proporções que têm entre si os objectos vistos à distância, segundo os princípios da matemática e da geometria), o uso do claro-escuro (pintar algumas áreas iluminadas e outras na sombra, este jogo de contraste reforça a sugestão de volume nos corpos), o Realismo (a vista do homem não como um simples observador da Natureza mas sim como a expressão mais grandiosa do próprio Deus), o início do uso da tela e da tinta a óleo e o surgimento de artistas com um estilo pessoal. Os principais pintores foram Botticelli, Leonardo Da Vinci, Michelângelo e Rafael.
Botticelli era um pintor cujos seus quadros foram escolhidos segundo a possibilidade que lhe proporcionavam expressar o seu ideal de beleza, a beleza estava associada ao ideal cristão. As figuras humanas de seus quadros são belas porque manifestam a graça divina. As suas principais obras são A Primavera e o Nascimento de Vénus.
Leonardo Da Vinci dominou o jogo de contraste gerador de uma atmosfera que parte da realidade mas estimula a imaginação do observador, foi possuidor de um espírito versátil que lhe permitiu trabalhar em diversos campos do conhecimento humano. As suas principais obras foram A Virgem dos Rochedos e a Monalisa.
Michelângelo trabalhou a pintura da Capela Sistina, no Vaticano. Ele concebeu e realizou grande número de cenas do Antigo Testamento. As suas principais obras são o Tecto da Capela Sistina e a Sagrada Família.
Rafael concebeu obras que comunicavam ao observador um sentimento de ordem e segurança pois os elementos que compunham os seus quadros eram dispostos em espaços amplos, claros e de acordo com uma simetria equilibrada. As suas principais obras foram a Escola de Atenas e Madona da Manhã.
A escultura renascentista tinha como principais características a representação do homem tal como ele é na realidade, a proporção da figura mantendo a sua relação com a realidade, a profundidade e perspectiva e o estudo do corpo e do carácter humano. Os principais escultores foram:
Michelângelo que dominava a escultura italiana do séc. XVI, algumas das suas obras foram Moisés, Davi e Pietá.
Andrea del Verrocchio trabalhou em ourivesaria e esse facto acabou por influenciar a sua escultura. A sua obra mais destacada foi David em bronze.
Maria João Fernandes nº 19 8ºA
publicado por António Luís Catarino às 22:26
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 27 de Dezembro de 2005 às 22:46
Cara Maria João: bem-vinda ao blogue que já tinha dado falta das tuas colaborações. Lá coloquei o teu artigo com algum atraso, mas compreende-se devido à época das festas, não achas? Tentei compensar isso com umas imagens que espero que gostes. Continuação de um bom Natal (para todos vocês, aliás!) e uma melhor passagem de ano. Entrem com o pé direito em 2006.António Luís Catarino
</a>
(mailto:skamiaken@sapo.pt)
De vitoria a 3 de Novembro de 2010 às 19:24
Eu adorei a matéria da Sr. Maria João e essa matéria do Renascimento e isso me ajudou muito na minha pesquisa escolar!!
obrigada!!
De maria a 11 de Janeiro de 2011 às 19:01
Sou prof. de história e sei que nao esta completo.
falta dizer quem foram os principais sábios renascentistas.
Continuação de um bom trabalho

Comentar post