.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Finalmente as férias e um...

. Vida e história de Jean-J...

. James Watt, por João Paul...

. A Conservação da Massa e ...

. René Descartes, por Ana P...

. A Passarola de Bartolomeu...

. Os Lolardos, por Rebeca B...

. A Revolução Francesa, por...

. As Guerras Religiosas do ...

. A Reforma Protestante e o...

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

Um espaço para a História da Escola Secundária Aurélia de Sousa - Porto

.favorito

. E o homem com livros cont...

Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2006

O GUANLONG, AVÔ DO T-REX, por Bruno Santos, 8ºC

4217a.jpg

Características
Nome: Guanlong
Significado: Dragão com crista
Dimensões: 3m de comprimento
Alimentação: Carnívoro
Viveu: Há cerca de 160 milhões de anos


É famoso em todo o mundo e um dos mais estudados, mas nem por isso o Tyrannosaurus Rex sabe muito bem, por assim dizer, quem são os seus antepassados. A situação pode ter mudado com a descoberta de um novo dinossauro na China, com 160 milhões de anos. A equipa de Xing Xu, do Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia de Pequim, diz que este dinossauro é o antepassado mais primitivo do grupo dos tiranossauros.
Este dinossauro foi encontrado pelos cientistas em 2002, numa jazida perto da localidade de Wucaiwan, na província de Xinjiang, no Nordeste da China. Daliretiraram dois exemplares, relativamente completos, deste dinossauro, que é de uma espécie e de um género novos para a ciência.
Decidiram chamar-lhe, cientificamente, Guanlong wucaii. Em mandarim, o nome do género significa “crista”(guan) e “dragão”(long), enquanto o nome específico, wucaii, quer dizer “cinco cores”, numa alusão às rochas coloridas onde foi descoberto.

Avô do T-Rex

O dragão com crista, do período do Jurássico Superior, era um predador relativamente pequeno, com três metros de comprimento. Cerca de 70 milhões de anos depois, T-Rex teria 12 metros, além de ser dono de uns dentes serrilhados, com 15 centímetros de comprimento, dignos de meter medo a qualquer presa.
Numa ilustração científica, que procura reconstituir o aspecto do novo dinossauro com rigor da ciência, o Guanlong wucaii também não tem uns dentes menos assustadores.
À volta das origens familiares do T-Rex e de outros tiranossaurídeos tem havido uma certa confusão, pelo facto de os seus ossos apresentarem características únicas adquiridas durante a sua evolução, que obscurecem os antepassados, explica Thomas Holtz Jr, da Universidade de Maryland (Estados Unidos), num comentário ao artigo da equipa de Xing.
Durante grande parte do séc. XX, considerou-se que dinossauros como o T-Rex, Allosaurus e Albertosaurus eram os últimos descendentes dos carnossauros (que viveram nos períodos do Jurássico e Cretácico Inferior).
Mas, nos anos 90, surgiu uma hipótese alternativa, segundo a qual descendiam dos celulossauros, grupo de animais pequenos e ágeis.
Mas enquanto os membros mais antigos da linhagem que levou aos tiranossaurídeos permanecessem desconhecidos, a questão dos seus antepassados continuaria em aberto.
O Guanlong wucaii é um desses membros mais antigos que a equipa de Xing teve a sorte de descobrir, e que ajudou a resolver o mistério do avô do T-Rex.
Para tal, os cientistas compararam a morfologia dos ossos dos tiranossaurídeos com os do novo dinossauro, muito mais primitivo.
Na comparação, os cientistas viram que o Guanlong wucaii combina características dos tiranossaurídeos com outras mais primitivas, mostrando assim que o T-Rex viria a descender deste dinossauro.
Estava encontrado o avô do tiranossauro, que pertence ao grupo dos celurossauros. Era já um predador feroz.

A estranha crista

O aspecto que mais encantou os cientistas foi uma crista óssea na cabeça, um dos elementos inspiradores do nome. Dizem que tem um ar elaborado e, ao mesmo tempo, frágil.
Esta crista não encaixa muito bem no ar feroz deste dinossauro, nem ainda os cientistas percebem completamente para que servia. Nunca tinham visto tal coisa neste grupo de dinossauros. Parece paradoxal que um predador como este tivesse uma crista tão delicada, diz a equipa de Xing no seu artigo científico, assinado também por cientistas dos Estados Unidos e do Canadá. Talvez servisse de adorno sexual, para chamar a atenção dos parceiros, e não tanto como uma arma.
publicado por António Luís Catarino às 12:58
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 16 de Março de 2006 às 16:57
O Guanlong parece ser um dinossáurio simpático, mas também só podia ser simpático porque tem o nome de dragão...patrícia
</a>
(mailto:paticastro_1@hotmail.com)
De Anónimo a 16 de Março de 2006 às 16:54
Professor Catarino não se babe com o meu comentário anterior porque este blogue também está bom por causa dos trabalhos dos alunos...patrícia
</a>
(mailto:paticastro_1@hotmail.com)
De Anónimo a 16 de Março de 2006 às 16:53
Eu sou da truma do Bruno e o professor António Catarino é meu Director de turma e tenho de dizer duas coisas:1ª-Parabéns Bruno pelo trabalho;2ª-Parabéns professor pelo primeiro prémio deste blogue...este blogue está muito bem construído...patricia
</a>
(mailto:paticastro_1@hotmail.com)
De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2006 às 13:04
Cá está mais um amigo nosso apresentado pelo Bruno que se está a tornar o nosso especialista em dinossáurios (fiquem a saber que é assim que é correcto dizer-se!). O Guanlong, nota-se que é simpático, amigo do seu amigo, sempre pronto a fazer um favorzinho e com uma dentadura a toda a prova. Sinto-me bastante aliviado por ter vivido há 160 milhões de anos! O senhor é tão esquisito que me pergunto se terá deixado descendência por cá. Parabéns, Bruno.António Luís Catarino
</a>
(mailto:skamiaken@sapo.pt)

Comentar post